Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas da Tia Moana

desde o século XX a ter uma opinião sobre tudo

Crónicas da Tia Moana

desde o século XX a ter uma opinião sobre tudo

Más línguas da make-up

makeup.jpg

Oi Oi Oi minhas caras lindas!
Há uns tempos que não vos chateava e hoje venho com um tema especialmente para as meninas (que são as que mais usam disto: maquilhagem).

Ora bem, desde miudita sempre vi a minha querida mãe a passar um belo blush pelo rosto e aquele batom vermelho garrido. Como eu apreciava aquele truque de magia dela, de colocar o rosto todo iluminado em minutos. Sendo assim, desde cedo comecei a usar make-up, e ainda hoje ADORO.

Sistematicamente tenho ouvido que "tens de te aceitar como és" e que "a beleza duma mulher vê-se ao acordar" ou até "um gajo deita-se com uma coisa acorda com outra"... Pois bem, vocês puxam por mim, seus/suas bandidos/bandidas. Mas por que raio vocês compram roupa que vos favorece e eu não posso usar maquilhagem? Para que há estilos diferentes, cortes de cabelo diferentes...? Para que é que torram no Verão? Vocês têm de se aceitar tal e qual são... "Podias usar menos maquilhagem!" Podia, mas não quero e agora que me recordo ainda sou eu que a pago.

 

Digamos que já levo a maquilhagem como uma arte. Há moças (ou moços) que gostam de biquinis, outras de unhas de gel, outras(os) de sei lá o quê... Há pessoas que até do Sporting gostam, vejam lá vocês a loucura (vá, foi uma piadinha!). Não há problema em usar maquilhagem, e isso não tem nada que ver com problemas de autoestima. É sobre embelezares aquilo que gostas,criares um rosto harmonioso PARA TI (Sim, não é p'rós boys que nem um batom coral dum magenta sabem distinguir). Não há problema em retocares aquilo que vês. Se te fizer bem é porque é bom!

 

E para as antas que "se deitam com uma; acordam com outra", garanto-vos que ver-vos mexer nos tomates durante a noite como se não houvesse amanhã também não vos embeleza nada, mas a gente cá aguenta...

Uma beijoca, e boas férias p'ra quem não anda a dar no duro (ainda) como a vossa...

Tia Moana